domingo, 8 de março de 2009

quase um sonho


A portabilidade do telefone atingiu, na segunda-feira passada, o Brasil todo e chegou a hora de nos vingarmos das nossas operadoras. Pelo menos no caso da TIM eu não vejo a hora de ter o mesmo gostinho do Alê.

Bem, quem está mais investindo em divulgação e na questão da liberdade de escolha e de pular de uma operadora para a outra é a Oi. Se é boa eu não sei, mas por ela não colocar nenhum impedimento para você sair, se não for decente, anda confiando demais no seu taco e o tiro pode sair pela culatra.

Nessa semana ela lançou um teaser chamado Quase um Sonho.

Trata-se de um programa de auditório online em que os sonhos dos participantes são (quase) realizados, fazendo uma de como as outras operadoras tratam a portabilidade. Voce muda de operadora mas ela te prende de alguma maneira. É uma quase liberdade.

No Quase um Sonho, o apresentador Ralf Medini e suas operadoras de palco: Vivian, Clarissa e Martina, realizam os sonhos dos participantes também pela metade.

Em apenas uma semana, e sem nenhum apoio de mídia, só no boca a boca da internet, o Quase um Sonho recebeu mais de 1000 sonhos de todo o Brasil.

E a atuação do Quase um Sonho extrapola o site. O apresentador Ralf Medini virou um personagem quase de carne e osso. Você pode ser amigo dele no Orkut, ou segui-lo no Twitter, enviar e-mail ou até ligar pro telefone pessoal dele (11 25379326). Garantido que você receberá uma resposta.

Vale perder um tempinho no site, porque é bem engraçado, principalmente o vídeo de abertura.

A Oi já havia me conquistado com a sua rádio e agora com esse seu marketing, tô pensando seriamente em me jogar nela.

6 comentários:

Arsênico disse...

Até hj... só usei Vivo e Claro... atualmente estou com a vivo e não vejo a hora de matá-la... serviços caríssimos... promoções nada a ver... já quanto à Claro... nunca tive nada a reclamar... já a Oi... só tenho ouvido elogios... acho que cale a pena experimentar...

***

Celena disse...

Eu saí da Claro e fui pra TIM, e ODEIO a TIM. É tudo mais caro, sem contar que eles vivem me cobrando por serviços que eu não uso. Estou seriamente pensando em mudar pra OI tb. Essa estratégia de marketing desprentesiosa deles muito me atrai...

Jôka P. disse...

Uso CLARO, mas sinceramente não gosto de celular e nem de nenhum tipo de telefone. Aparelhos em geral não me enchem os olhos, são utilitários que temos que ter, nos acostumamos aprecisar deles, e só. Meu celular tem uns 3 ou 4 anos.

Gui disse...

Aqui tá todo mundo mudando pra Oi ou comprando um Nextel. Eu so to esperando meu contrato que me prende à Claro (dãaaa) acabar.

Gui Sillva disse...

um dica: a Oi não costumar funcionar/"pegar" muito bem. Ao menos aqui no ES.

introspective disse...

A Oi tem o marketing mais fofo e moderninho e cativante ever. MAS:

1) a cobertura em SP ainda é muuuuito ruim, tipo abaixo do aceitável; e

2) a Oi não prende vc com multa, mas a própria Anatel exige que, depois de uma migração, a próxima seja feita depois de no mínimo 6 MESES.

Então, se vc for pra Oi e se irritar com seu celular sem sinal, não pode se arrepender e sair fora na semana seguinte, como querem fazer parecer.

Abram o olho...