sábado, 1 de setembro de 2007

e para começar

Apesar de não ter blog, acesso vários, e coloquei ao lado alguns dos mais interessantes, seja pela informação em primeira mão, pela forma de abordar temas diversos de forma criativa ou pela irreverência.

Desse último, era certo para a lista o papel pobre. Era um blog hilário, queimando o filme de celebridades internacionais e nacionais, com um escrita super inteligente e que vinha cativando cada vez mais gente. Para se ter uma idéia, já estava até criando gírias que iam se espalhando pela internet. Mas por sua língua ferina, não se conhecia, pelo menos o grande público, quem estava no backstage.

Até que dia desses, o historinha, blog da Dri Spacca, soltou a bomba, dando nome, foto e orkut de quem estava por trás. Seguindo a sua linha de posts maldosos contra pessoas comuns, mas que se percebe uma certa mágoa, recalque, inveja ou até mesmo uma revanche, afinal, a Dri Spacca começa o post falando sobre o papel pobre ser uma cópia (bem mais engraçada) do papel pop.

O mundo dos blogueiros ficou em polvorosa, afinal, logo após o dono do blog o tirou do ar e deletou seu orkut. Os fãs soltaram a sua raiva na Dri, por ter revelado quem era, e na Rosana Hermann, por ter indagado no querido leitor se alguém sabia quem estava por trás. Para quem não acompanhou de perto, a Rosana fez uma resumão bem legal. Só pecou por defender a Dri. Veja aqui.

Entendo que ela pecou porque se ele não queria aparecer, até porque as celebridades poderiam processá-lo (dizem que os advogados da Carolina Dickmann entraram em contato com o rapaz logo após a divulgação de seu nome), deveria ter respeitado. Ela mesma sofreu muito quando descobriram que estava por trás do histórinha. Mas como ela não provoca pessoas importantes, o máximo foram alguns xingamentos em seu orkut.

Vários blogs que são extremamente ácidos e sem papas na lingua, se tiverem sua real identidade descoberta, perderiam o seu brilho, pois, perderiam boa parte da independência. Aliás, isso acontece até mesmo com blogs whatevers, mas quando revelado o dono, pensam melhor antes de postarem suas idéias. O introspective tem um bom texto sobre isso no seu último post.

Agora estão tentando substituir o papel pobre, rei morto, rei posto, mas dos que vi por aí, o melhor á e o plástico rico, apesar de puxar todo o conteúdo do blog da Julia Petit. Humm, melhor parar por aqui, antes que digam que estou fazendo a Rosana.

5 comentários:

Beto disse...

Eu gostava muito do PP, mas acho que eles pesavam a mão. Gosto mais do te dou um dado, acho mais inteligente e criativo.

O Plástico Rico é cópia do Papel Pobre, oras. Não vejo mérito.

introspective disse...

Obrigado pelo link! E eu acabei de entrar no Plástico Rico... quando vc o citou, por alguns instantes até tive esperanças de que o inimitável pudesse ser imitado. Mas isso é impossível...

Bom, ainda não estou por dentro desse basfond do fim do Papel Pobre, mas, pelo seu texto, já odeio esse(a) tal de Dri Spacca com todas as minhas forças. Só não deixo um 'hate comment' lá pq sou muito elegante pra isso.

leila disse...

Ludo, seu resumo da historia e' perfeito. Achei uma truculencia revelar a identidade de uma pessoa sem consentimento; blogar anonimamente e' um direito que todos temos.

Mas duvido dessa versao de advogados entrarem em contato com ele, nao havia base ali para processo. Era apenas comedia, fofoca sobre o visual de artistas, nada para ser levado a serio.

Anônimo disse...

ler todo o blog, muito bom

Anônimo disse...

Good dispatch and this post helped me alot in my college assignement. Thanks you on your information.