domingo, 5 de julho de 2009

fazendo o eat'n tell

Há um bom tempo eu não ia ao Outback, principalmente o do Eldorado.

Ontem resolvi jantar por lá e senti uma pequena queda no serviço. Tinham uns waiters que fariam o Seu Salim (manda chuva da rede no Brasil) enfartar com algumas atitudes, do tipo, misturar em uma mesma bandeja copos sujos com pratos a serem servidos.

O banheiro também sujo, com o piso todo molhado e sem papel. Coisa inadmissível de se aceitar em um restaurante desse nível.

Mas a comida, como sempre, estava divina. A cebola sequinha, o Wallaby perfeito e a tilápia muito bem temperada.

Outra coisa que não mudou era a lotação. Apesar de a loja ter aumentado muito o seu tamanho, quando saímos, já passado das 11 da noite, haviam ainda 70 mesas em espera.

2 comentários:

Tony Goes disse...

Gosto da cebola e daquela sobremesa monstro, acho que se chama algo como "Earthquake". Mas a carne do Outback é fraquinha... Qualquer churrascaria de bairro dá de 10.

Alexandre Lucas disse...

Medo de lá. Sempre se come 30x mais do que se deve.