sexta-feira, 19 de dezembro de 2008

the eighties party

Uma das minhas avós já foi citada aqui algumas vezes e não preciso falar que é a minha preferida.

Ela é uma pessoa especial e muito iluminada, não somente por atitudes como a citada em priceless, como também por estar sempre disposta para tudo, principalmente ajudar o próximo (ou satisfazer qualquer desejo do netinho preferido).

Domingo ela vai fazer 80 anos e vamos dar uma festança em casa para ela (eu queria levá-la com as amigas na madonna mas fui voto vencido).

A princípio pensamos em algo surpresa, mas a logística seria complicada, então resolvemos abrir o jogo e então ela escolheu algumas coisas e fez a sua lista de convidados (sem brincadeira, se somar as idades passamos de 2008 em 30 pessoas), mas algumas surpresas acontecerão.

Entre elas uma réplica dela em bonequinha de biscuit fazendo tricô, com a nossa pit bull brincando com as lãs no andar de baixo da pasta americana (isso se o fdp terminar em tempo porque ele conseguiu perder a foto inicial e só foi começar a fazer ontem) e os trovadores urbanos, que vão entrar na sala pouco antes de cantarmos os parabéns.

Apesar do clima de festa, não será um dia fácil para nós, pois, por uma dessas coincidências do destino, meu pai fazia aniversário no mesmo dia da sua sogra (e por incrível que pareça, isso não era motivo de reclamarem, pelo contrário, se davam melhor do que os respectivos filho e mãe).

Por isso vou chegar à pista vip por volta de umas 19-19:30 (tinha que citar a Madonna no blog, não podia passar em branco).

Quero chegar aos 80 anos como minha vó, inteiro, com muita disposição e descendo até o chão.

2 comentários:

Alexandre Lucas disse...

Já te disse: não conheço sua avó, mas sou fã =D

Klero disse...

Adorei a idéia do biscuit, muito mais do que a de levá-la pra ver a Madonna! =D

As avós andam bem mais avançadas do que alguns de seus filhos e netos, viu?!