quarta-feira, 3 de fevereiro de 2010

brazil´s don´t ask, don´t tell

Enquanto os Estados Unidos estudam derrubar a sua famosa lei sobre os militares homossexuais, don´t ask, don´t tell, aqui estão começando a pensar em implantá-la.

Polêmica sobre militares gays no Senado

A polêmica discussão sobre se deve haver restrição a homossexuais nas Forças Armadas ocupou há pouco a sabatina dos dois indicados para integrar o Superior Tribunal Militar.

O presidente da Comissão de Constituição e Justiça do Senado, Demóstenes Torres, indagou se eles era favoráveis ou contrários a presença de gays nas três Forças.

O almirante Álvaro Luiz Pinto fez um paralelo com um teólogo francês que defendia que a igreja podia ter gays, desde que eles seguissem o voto de castidade: ou seja, se o militar não externasse ser homossexual, não haveria problema.

O general Raymundo Nonato de Cerqueira Filho foi mais direto:

- Se ele é assim, talvez tenha outro ramo de atividade que possa desempenhar. Não vejo que seja compatível. Há vários casos estudados da Guerra do Vietnã que mostra que ele perde o comando, a tropa não obedece indivíduo desse tipo.

Por Lauro Jardim

Sabe o que é pior, tenho certeza que tanto o almirante como o general devem saber da existência de gays em seus rebanhos mas fazem ouvidos de mercador, como se não houvessem gays noas Forças Armadas brasileiras. Isso me lembra tanto o Ahmadinejad.

3 comentários:

Alexandre Lucas disse...

Bem vindo ao Brasil. Atrase seu relógio em 30 anos.

Leandro K. disse...

hahaha
Alexandre Lucas corretíssimo

Mas a ala militar brasileira está parada um pouco antes. vamos tentar 60 anos.

Fer Pierrot... disse...

Eu diria 100 anos de atraso. O general realmente não sabe o que esta falando, e por não saber, diz besteiras.
O espirito de liderança não vem da orientação sexual, alguns nascem com ele e outros adquirem com o tempo.
Se isso for implantado realmente, cabe um ação direta de inconstitucionalidade, eu creio, a não ser que a tal da "igualdade" citada na na carta magna seja somente enfeite...