domingo, 27 de setembro de 2009

itaú uniclass


Essa será uma das marcas do Itaú Unibanco. Já existem até agências deste segmento, para testar a integração entre os dois bancos.

Mas o layout ficou de doer. Ao invés de pegar o clean do Unibanco, tomaram como base o Itaú varejo.

Mesmo se a Lúcia Helena insistir eu vou usar um cartão desses.

Pelo visto o pessoal do Itaú, mais uma vez, vai passar por cima da cultura do banco adquirido e perder clientes com isso. Parece que não aprenderam nada com o BankBoston.

Duvída, então entra no Itaú Uniclass e confirme.

btw, alguns fundos de investimentos já tiveram seus nomes alterados para Itaú Uniclass e os cartões de crédito do Unibanco já são pagos para o Banco Itaucard e não mais para o Unicard.

5 comentários:

Daniel disse...

eu que sou cliente do Personalite, continuo personalite?

Introspective disse...

O Itaú agora fica me perseguindo, querendo que eu vire Personnalité. Não acredito em bancos que dizem que fazem as coisas pelos clientes, eles só pensam neles mesmos. Tenho certeza de que tem alguma armadilha aí, tipo isenção de tarifas no começo e tarifas bem mais caras depois. Não faço questão nenhuma de ser tratado como cliente VIP - eles tinham é que me tratar bem de qualquer jeito, pois posso muito bem migrar meu dinheiro para outro banco.

Daniel disse...

Eu tenho isenção de tarifas, mas para isso, eu, minha mãe, meu pai e meu irmão temos que manter X reais aplicados em qualquer coisa deles (até poupança).

ludo diniz disse...

Daniel, até onde eu sei, nada vai mudar para o Personnalité e seus clientes.

Esse segmento, por enquanto, é um estudo para criar uma faixa entre o Itaú e o Personnalité e ao mesmo tempo ir testando a integração.

Thiago, a principal diferença do Personnalité é a questão do atendimento, principalmente nos caixas, pois, não costumam ter filas. Se a sua agência do Itaú é tranqüila, vai só pagar mais caro (acho que 5 ou 6 reais).

Porém ele tem alguns diferenciais com relação aos investimentos, como fundos exclusivos ou com taxas de administração bem mais baixas. Também tem limites maiores para saque e transações pela internet.

Alexandre Lucas disse...

Vivemos num país de bancos que nem parecem bancos.